O assunto que mais me empolga? Negócios!

Tempo de leitura: 2 minutos

Não é segredo para ninguém que me conhece um pouquinho que um dos temas que mais ativam o brilho nos meus olhos chama-se negócios, em especial um que se chama Papirus, a empresa idealizada e criada por meu pai e meu tio em 1951, que deu seus primeiros passos para atender o objetivo de fabricar o próprio papel que serviria para fazer a caixa que embalava os chapéus Ramenzoni e hoje ocupa a terceira posição no ranking do segmento de papel cartão.

No início de 2017, no auge da crise que acometeu o país com os destemperos do governo petista, a minha equipe mostrava-se bastante preocupada com o futuro e ao percebê-los tão influenciados pela onda de notícias com teor pessimista, eu resolvi propor que esquecêssemos os noticiários, as previsões dos especialistas em finanças, arregaçássemos as mangas e focássemos em quem poderia nos trazer resultados positivos, azuis da cor do mar: na nossa Papirus!

 Contei um pouco sobre as inúmeras crises que já havia atravessado à frente dos negócios e que por mais que os alardes fossem desanimadores, os juros não iriam explodir, as instituições financeiras não negariam empréstimos para os empreendedores bons pagadores, as pessoas continuariam comendo, se vestindo, comprando e vivendo, porque a vide exige esse dinamismo.

Expliquei que se tratava de uma guerra política. A oposição é que estava torcendo para dar tudo errado e o país se estagnar por completo só para eles poderem se vangloriar de que o problema não era eles ou provocado pela gestão deles e sim de cunho global.

Ainda bem que eles acreditaram na minha fala e focaram na prospecção de novos negócios, na busca de oportunidades cavadas estrategicamente.

Encerramos o ano com números positivos e expressivos; começamos 2018 com ainda mais garra para escrever histórias bem contadas, que nos orgulhem de nossa performance.

Costumo dizer que tenho a melhor bola de cristal do mercado: a informação de boa procedência que chega na hora certa, atualizada e analisada para nortear a caminhada.

Que 2018 nos traga novos desafios, novas potencialidades a serem exploradas e saúde para viver novas histórias e poder contar pra vocês!

Em tempo: estou de partida para Argentina e Uruguai, em mais uma das aventuras pelo mundo em cima da minha motocicleta e na volta contarei todas as novidades. Até lá!

 

 

 

18 Comentários


  1. Lembro muito bem desta fala sentado a mesa da casa do Sr. Em um almoço juntamente com a D. Cida. Perfeito.

    Responder

  2. Caro Dante, adorei que tenhas um blog. Certamente aprenderei muito, mesmo sendo um segmento totalmente diferente e pequenino. Agradecida e saudades. Ah, e boa viagem! Eu e Durval já nao vamos mais mas sempre olhamos com carinho as fotos dos amigos do HOG. Grande beijo no coração!

    Responder

  3. Caro amigo Dante!
    A sua história de sucesso não está limitado no âmbito da sua querida Papirus: ela é motivadora à todos aqueles que estão ao seu lado, seja no relacionamento profissional, no familiar, como também entre os amigos motociclistas, como eu… que também estarei ao seu lado na nossa próxima aventura turística de moto à Buenos Aires…
    Forte abraço!
    Mario Zupo

    Responder

    1. Caro amigão,
      Gostei muito das tuas palavras e como somos amigos há mais de 20 anos, espero que continue lendo os meus posts, comentando e curtindo as nossas viagens.
      Abraço.
      Dante

      Responder

  4. Agora só falta contar a parte mais importante da sua história: as estratégias que fizeram sua trajetoria profissional um sucesso…

    Responder

    1. Caro filho Marco Fabio,
      Se você continuar lendo os meus posts, possivelmente encontrará todas as respostas questionadas, mas, como eu sei que você tem o livro, leia-o atentamente pois descobrirá muitas outras coisas interessantes para o teu futuro.
      Beijo.
      Dante

      Responder

  5. Bravo, Dante !
    É uma alegria ter um amigo como o DANTE RAMENZONI
    (Letras maiúsculas !)
    Grande abraço
    Parabéns pelo sucesso de sempre !
    Fernando da Cunha Goncalves Jr.

    Responder

  6. Dante adorei te conhecer ainda melhor através deste blog, fantástica ideia é muito inspirador! Parabéns:
    Patrizia Formicola

    Responder

  7. Caro Sr. Dante,
    Quanta admiração e respeito sinto pelo Senhor! … Pela sua história,… por tudo que construiu e continua a construir… Mas, principalmente pela pessoa que és! Registro aqui a minha GRATIDÃO! A PAPIRUS me recebeu, me ensinou, me desenvolveu, me fez aprender, me fez realizar, conquistar e me transformar em Profissional de RH!! Meu amor pela PAPIRUS é imenso e sem fim!! Forte abraço!

    Responder

  8. Legal, Dante. De fato, o pior da crise é o pânico excessivo. Os noticiários sempre exageram tudo pra ganhar audiência e quem se retrai diante disso acaba perdendo oportunidades.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *